A polícia efetuou buscas no escritório do Benfica e na casa do seu presidente

Benfica estava no meio da corrupção “escândalo de e-mail”.
Anteriormente, o Porto acusou o Benfica de que os representantes das “águias” tinham correspondência ilegal de e-mail com árbitros.
A polícia procurou no escritório principal do Benfica, na residência do seu presidente, Luis Filipe Vieira, e ao diretor de conteúdo do canal de televisão do clube, Pedro Guerra, relatórios da TVI24.
São consideradas oito árbitros: Bruno, Manuel, Georges Ferreira, Nuno Almeida, Vasco Santos, Hugo, Rui Silva e Paul Batista em conexões ilegais com o Benfica
O pressuposto é que, se a culpa do Benfica for comprovada, a o clube pode descer de divisão.

Leave a Reply